Homepage
QUEM SOMOS O QUE FAZEMOS O GRUPO NO MUNDO RECURSOS HUMANOS INVESTIDORES PARCEIROS NOTÍCIAS  
 
 
APRESENTAÇÃO
LOCALIZAÇÃO E CONTACTOS

A Baviera – Comércio de Automóveis, S. A. tem a sua principal actividade centrada a nível Nacional, na área do comércio e reparação de automóveis BMW e MINI, assim como de motos BMW, às quais se juntam as marcas Toyota e MG na nossa unidade de negócio situada em Viseu, a Chrysler, Dodge e Jeep, nas instalações de Coimbra e assistência Mercedes-Benz em Vila Nova de Gaia.

Pertencente ao Grupo Salvador Caetano, com mais de 600 colaboradores, está presente no terreno distribuída por todo o País de Norte a Sul. Com unidades de negócio no Porto, Penafiel, Guimarães, Famalicão, Gaia, Feira, Aveiro, Viseu, Coimbra, Lisboa, Cascais, Setúbal, Faro e Portimão a Baviera não pode deixar de encarar o futuro com optimismo.

Com uma posição de destaque no seu segmento, a Baviera aposta fortemente no seu futuro com a optimização dos seus recursos e a procura da máxima satisfação dos seus Clientes.

É mantido um forte programa de formação em diversas áreas, um planeamento de marketing a longo prazo, uma vasta gama de serviços ao Cliente e, acima de tudo, um forte empenho na qualidade e melhoria contínua dos seus serviços a favor da plena satisfação dos seus Clientes.



No que diz respeito ao produto BMW, os números que apresentamos ano após ano, assim como a imagem de marca que possuímos, falam por si e são por demais elucidativos. A definição de competência e qualidade dos pontos de venda, assistência e serviço será sempre uma das questões mais importantes a considerar. As nossas principais preocupações são com a satisfação total do nosso cliente, o sistema de certificação e o consequente e quase impossível grau de reclamação “0”.

O primeiro lugar em termos de imagem de automóveis de luxo que usufruímos desde a ultima década, sendo única na Europa, demonstra cabalmente o excelente trabalho que toda a equipa da Baviera tem desempenhado nos últimos anos.

Assim sendo e no que diz respeito ao serviço pós-venda, possuímos uma excelente (e reconhecida pelos nossos clientes) equipa de serviço que tudo faz para que o possuidor dos nossos produtos esteja satisfeito a todos os níveis, com tudo o que lhe podemos proporcionar.

A Baviera tem um excelente produto, assim como uma excelente organização a nível dos canais de distribuição e serviço pós-venda, onde os nossos clientes tudo podem encontrar tendo por ultima e principal preocupação o seu próprio bem estar, um atendimento personalizado e acima de tudo eficaz como é merecido.

Prémios
Com uma presença reconhecida a nível Nacional como uma das Empresas mais dinâmicas na área de negócio automóvel, a Baviera viu reconhecidos por inúmeros prémios Nacionais, o seu desempenho de excelência, dos quais se destacam obviamente os alcançados pela análise de uma das mais conceituadas revista económica Nacional a “Revista Exame” que distinguiu a Baviera como a melhor empresa do ano em 1994, 1997, 1998, 2000, 2001, 2002, 2003 e 2004.
Destaque-se também a distinção constante nas Prémios Anuais no Clube dos Empresários em Lisboa, organizadas pelo Diário de Noticias, onde a Baviera conseguiu inúmeros troféus pelo seu excelente desempenho.

Para além deste importantíssimos prémios a nível de desempenho empresarial, a Baviera conseguiu inúmeros troféus de destaque particular para as marcas que representa: prémios das conceituadas revistas de automóveis Auto Hoje do Grupo Motorpress Internacional e Auto Foco do Grupo Auto Bild.

Presença no desporto
A nível desportivo, vertente onde desde sempre soube estar representada ao mais alto nível, a Baviera conseguiu o titulo de campeã Nacional de velocidade com o BMW M3 em 1987 e 1988, tendo a partir do inicio dos anos 90 enveredado pela organização de competições monomarca em 1990/1991/1992 com os BMW 320is e desde 1993 até 1996 com os BMW M3. Entre 1997 e 1999 a Baviera apoiou um troféu monomarca de clássicos e participou com os BMW M3 e BMW 320i no Campeonato Nacional de velocidade. Nos anos de 1999 a 2004, a Baviera organizou e promoveu uma competição de monolugares denominada Formula BMW.
Em 2007 a Baviera voltou à competição, com o patrocínio ao piloto Ni Amorim no Campeonato Nacional de Velocidade de Turismo, PTCC.

Outra das vertentes desportivas mais acarinhadas pela Baviera é o apoio ao Golf. Desde 1989 e até 2004 a Baviera organizou o maior torneio de Golf amador de Portugal, o BMW Golf Cup. Hoje em dia a empresa promove vários eventos ao longo do País, nomeadamente nas áreas onde está implantada.

A Baviera apoiou também competições de Ténis, tanto a nível amador na organização de torneios, como a nível de patrocinadores de atletas do topo do ranking Nacional, tendo inclusive um deles (Nuno Marques) conseguido entrar nos 100 ATP Internacional durante os anos 90.

Também na Vela, a Baviera tem tido uma presença continuada desde 1989, com o patrocínio a uma das mais importantes instituições da Vela Nacional que é o Clube Naval de Leça.

Certificação de qualidade
A Baviera está certificada com as normas ISO 9000..2000 e com o QMA (Quality Management) sistema de certificação da BMW.

História da Baviera, S.A.

1983 / 2003
O “Grupo Salvador Caetano”, um dos mais prestigiados Grupos Económicos Nacionais, é composto por um conjunto de empresas originalmente nascido da casa mãe a “Toyota Caetano Portugal, SA” essencialmente como actividade industrial ligada ao ramo automóvel e que entretanto se foi sucessivamente alargando e com enorme sucesso a outras actividades económicas: industria, comércio, construção civil, seguros etc.etc.
A “Toyota Caetano Portugal, SA”, considerada já em 1980 uma das 10 maiores empresas nacionais, teve a sua origem em 1946, em Vila Nova de Gaia, como indústria charneira no fabrico de carroçarias em Portugal, introduzindo na sua actividade as técnicas mais avançadas da época, ao mesmo tempo que foi alargando a sua capacidade produtiva instalada das carroçarias aos chassis, e aos autocarros integrais de 1 a 2 pisos, das cisternas para transporte de líquidos aos “trolley-cars”, do mercado nacional à exportação. Actualmente é uma das maiores construtoras de veículos ligeiros comerciais e de carroçarias para pesados de passageiros.
Apoiada nesta vasta experiência surge entretanto a Baviera em 1983.
Interpretando os sinais do tempo, de crescimento de um mercado de consumidores cada vez mais atentos e exigentes, da evolução do sentimento social de liberdade cada vez mais associado a conceitos de mobilidade, a personalidade da empresa foi impondo o seu nome e a sua imagem na convicção plena de que o fim último da sua actividade é e sempre será a satisfação e orientação para o cliente num quadro de eficácia, rapidez, segurança e qualidade.
Resultando da alteração da denominação social da firma ”A. M. da Rocha Brito, Lda.” – que o grupo Salvador Caetano entretanto adquiriu em 15/7/82 – a Baviera como entidade autónoma tem mais de duas décadas de existência, permitindo-nos destacar os seguintes marcos da sua existência:

1983-1985
Lançamento da Baviera
Os primeiros anos de vida da Baviera não foram fáceis. Face à deteriorada situação financeira vivida à data pela “A. M. da Rocha Brito Lda.”, o aval e apoio do grupo Salvador Caetano assim como a confiança nele depositada pela instituições financeiras, foram factores determinantes no projecto. Apesar de a actividade se ter desenvolvido já a um nível aceitável em finais de 1983, não foi suficiente ainda para cobrir os encargos de exploração, gerando prejuízos acentuados nos anos de 1984 e 1985.
Recorde-se todavia que a conjuntura económica era desfavorável, caracterizada por apertadas medidas de contenção do crescimento, plafonds de crédito restritivos, de elevadas taxas de juro (cerca de 30%), e de uma acentuada desvalorização do escudo (em 1985 o valor médio do dólar situava-se nos 170,395 esc.), e ainda um congelamento das despesas de investimento do sector público.
Foi, portanto, neste ambiente de graves dificuldades que a Baviera se viu envolvida nos primeiros anos de vida.

1986-1988
Crescimento da actividade
Beneficiando de dois aumentos de capital, acrescentado a um certo aliviar da situação económica do País, a Baviera conseguiu realizar o alargamento e fortalecimento da sua Rede de Concessionários, provocando um significativo aumento do numero de unidades vendidas, e consequentemente começar a rentabilizar os elevados investimentos realizados.
Os anos de 1986 a 1988 foram assim de consolidação das actividades, sendo bastante significativos os crescimentos das vendas e de resultados positivos.

1989-1991
Expansão e Modernização
O arranque definitivo da Empresa como líder deste importante segmento de mercado onde estamos inseridos (viaturas de luxo), permitiu o atingir de valores nunca vistos em Portugal, oferecendo desse modo uma autonomia financeira invejável, de que são prova mais do que evidente as sensacionais instalações da sua sede na Madalena, em Vila Nova de Gaia.
De personalidade temperada por decisões acertadas num passado de clima económico-financeiro hostil, a Baviera acreditou que o futuro se começa a construir em todo o presente: os espaços das Instalações na Madalena são a afirmação de uma forma de estar antecipada, que enquadra uma clientela cada vez mais culta e exigente e também uma concorrência cada vez mais competitiva.

1992-2002
Os sucessivos recordes em termos de unidades vendidas durante toda a década de 90, colocaram a BMW como a marca de eleição em Portugal. A manutenção no primeiro lugar em termos de imagem de automóveis de luxo, que a marca detém, é única na Europa e demonstra cabalmente o excelente trabalho que toda a equipa da Baviera desempenhou durante estes últimos anos.
As instalações de Faro são exemplo dos investimentos na primeira fase da década de 1990, continuados em 1995 com as instalações da Baviera no Porto, enquanto que as recentes instalações de Penafiel, Coimbra e Aveiro, transmitem a dimensão e dinamismo da Baviera na segunda parte da década.
Foi também respeitando e seguindo à risca esta filosofia empresarial da Baviera que, no final de 2001, se inauguraram as novas instalações da Baviera Lisboa, no Parque das Nações. Nesta zona aprazível, moderna e em franco desenvolvimento da zona oriental da capital, foram investidos 9 500 000 euros para edificar uma estrutura atractiva e funcional capaz de proporcionar a todos os clientes da Baviera um serviço de excepção.
Em 2002, os investimentos centraram-se mais a norte, tendo-se inaugurado na cidade de Aveiro um Baviera Competence Center destinado à comercialização de todos os produtos do Grupo representado: Automóveis e Motos BMW, Mini, Acessórios, LifeStyle e serviços de peças e pós-venda. Este investimento da Baviera seguiu-se ao efectuado em Santa Maria da Feira e garantiu as melhores condições de comercialização e assistência pós-venda no Distrito de Aveiro no qual a Baviera é representante exclusiva dos produtos do Grupo BMW.



2005 - Baviera alarga Horizontes

No seguimento da sua estratégia de crescimento, desenvolvimento e competência no serviço ao Cliente, a Baviera desenvolveu ao longo dos seus vinte anos de existência, uma politica de representação sempre junto dos Seus Clientes.
O novo regulamento de distribuição automóvel “Block Exemption” teve um forte impacto em toda a indústria automóvel e Portugal não foi excepção. Perante o novo enquadramento, a BMW decidiu adoptar uma estratégia comum para toda a Europa, instalando as suas próprias subsidiárias em todos os países membros da UE aonde ainda não o tinha feito. Portugal foi o último mercado aonde esse passo foi dado, o que atesta bem da profícua e sólida relação mantida entre a BMW AG e a Baviera ao longo de mais de 20 anos. Desta feita, o grupo BMW estabeleceu-se no mercado Português, iniciando oficialmente a sua actividade no início de Janeiro de 2005 e assumindo a responsabilidade pela área de planeamento, distribuição e promoção dos seus produtos.
A Baviera S.A., dando continuidade à sua longa relação com a BMW, manteve-se envolvida com as marcas do Grupo BMW, através das suas vastas operações de retalho nas áreas de venda e pós-venda distribuídas por todo o país, prosseguindo assim com a actividade a que, com reconhecido sucesso, se vem dedicando desde 1983.
Com unidades de negócio distribuídas pelos principais centros de Norte a Sul do País - Porto, Penafiel, Guimarães, Famalicão, Gaia, Feira, Aveiro, Viseu, Coimbra, Lisboa, Cascais, Setúbal, Faro e Portimão -, e com o sustentado desenvolvimento e apetrechamento da sua estrutura de retalho, na linha do que é a sua tradição, a Baviera iniciou um novo ciclo confiante no futuro e consciente das suas responsabilidades enquanto parceiro de grande dimensão do Grupo BMW no mercado português.
Elevados standards de competência e qualidade dos pontos de venda, assistência e serviço, manter-se-ão como questões prioritárias para a Baviera. A certificação de todas as suas unidades de negócio no âmbito do Sistema de Gestão de Qualidade da própria BMW AG – “QMA” (Quality Management) é um sinal claro disso mesmo, sendo a qualidade uma constante preocupação da sua organização, pelo que a Baviera se manterá firme na implementação destas normas em todo o País.

A Baviera criou durante mais de vinte anos de actividade no mercado, uma forte imagem de solidez, credibilidade e responsabilidade, com a qual os Clientes sabem sempre que podem contar. Esse tipo de relação não se constrói de um momento para o outro. Foram muitos anos de um árduo e gratificante trabalho, no qual estiveram envolvidos duma ou doutra forma todos os Colaboradores da Empresa, que em equipa produziram excelentes resultados e conduziram as marcas BMW e MINI, praticamente a partir do zero, à prestigiada posição que ocupam hoje no mercado nacional.
É com esta imagem, com esta tradição e sobretudo com a postura e valores próprios do Grupo Salvador Caetano ao qual pertence, que a Baviera iniciou um novo ciclo da sua existência, prosseguindo, com o mesmo empenho e dedicação a obra até aqui realizada. Num novo enquadramento e num contexto de mercado cada vez mais competitivo, a Baviera soube responder às suas exigências, mantendo-se como sempre fiel à sua orientação estratégica: a Satisfação dos seus Clientes.

2006 – Na direcção certa
Porque para a Baviera a orientação para a total satisfação do cliente não é uma palavra vã, mas sim o compromisso perante o qual fazemos ponto de honra, o cliente é acima de tudo, a principal e única razão da nossa existência.
Relevante dessa forma de pensar, é também o facto do empenho de todas as Direcções Comerciais da Baviera, no cumprimento dos retail standards que as marcas representadas preconizam, como principais factores a ter em linha de conta para o próprio desenvolvimento do negócio no futuro.
Surge assim uma nova era, mais intensificadora na consolidação e expansão do negócio do retalho automóvel duma “Empresa Premium”, reconhecida a nível global.

Baviera, S.A. iniciou BMW Premium Selection. Um programa de Usados de Selecção BMW e MINI.

A Baviera arrancou no inicio de 2006 em Vila Nova de Gaia, com o BMW Premium Selection, um programa totalmente desenvolvido para a comercialização de viaturas usadas e já em pleno funcionamento noutros mercados europeus, nomeadamente na Alemanha.
Com este programa, a Baviera alargou a sua área de negócio à comercialização de automóveis BMW e MINI usados, explorando o potencial deste segmento de mercado e atingindo assim Clientes entusiastas da marca que preferem optar por um automóvel usado, ao invés de um novo, ou ainda aqueles que valorizam as boas oportunidades ou são clientes tradicionais de automóveis usados de marcas Premium.
A implementação deste novo programa teve também como objectivo a profissionalização da própria Baviera no negócio de usados, posicionando-a, mais que nunca, como um fornecedor de usados de qualidade, diferenciando-a claramente de outros operadores no mercado e permitindo, ao mesmo tempo, aumentar o nível de confiança na marca e promover a fidelização dos seus clientes.
Em 2007, este projecto chegou a Lisboa, nascendo um novo espaço destinado ao negócio dos Usados de Selecção, na Av. da Igreja.

Durante este ano, a Baviera abriu também um novo ponto de venda em Loures, e viu as instalações de Cascais a ostentar a nomeação de Reparador Autorizado MINI. Garantiu por outro lado a comercialização das marcas Jeep, Chrysler e Dodge, na Direcção Comercial de Coimbra.
Tendo o Grupo Salvador Caetano inaugurado um novo conceito de distribuição baseado em centros multi-concessões, a Baviera marcou presença com stands das marcas BMW e MINI, no primeiro pólo do género que abriu em Lisboa, e ao qual se deu o nome de "Catedral do Automóvel".

Ainda no Verão de 2007, mais precisamente a partir de 16 de Julho, a Baviera deu inicio à actividade de "Oficina Autorizada" Mercedes - Benz, nas instalações da Madalena em Vila Nova de Gaia, tendo por base um delineado processo de reestruturação, que culmina no objectivo de rentabilizar a estrutura e meios existentes nas referidas instalações.


 
 
   
 
 
     
ENVIAR A UM AMIGO CONTACTE-NOS MAPA DO SITE POLITICA DE PRIVACIDADE LINKS
(c) 2014 Grupo Salvador Caetano. Todos os direitos reservados p i e c